Rádio Ativa Mais HD

Current track

Título

Artist

Background

Feira do Saber, projeto Educar PRF e Benteca: Batayporã promoveu mostras pedagógicas na Educação Infantil

Escrito por   em 24/11/2022

Famílias acompanharam as crianças e puderam prestigiar trabalhos produzidos ao longo do ano. Foto: Maicon Araújo.

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel) de Batayporã promoveu ampla programação nas escolas Shiozo Takahashi e Benedita Figueiró de Oliveira na última terça-feira (23). As duas unidades de Educação Infantil sediaram a 1ª Feira do Saber e exposição dos trabalhos do projeto Educar PRF. Na escola Benedita Figueiró, houve ainda o encerramento do projeto Benteca, com foco no meio ambiente.

Com a participação dos pais e de toda a comunidade escolar, a Feira do Saber expôs a produção dos estudantes realizada ao longo do ano letivo, com diversidade de temas e recursos. A ocasião buscou integrar escola e família, além de demonstrar de forma prática parte do resultado das aprendizagens dos estudantes.

Representantes locais e da PRF foram recepcionados pelas equipes gestoras. Foto: Maicon Araújo.

Nas salas de aula, professoras explicam atividades e mostram recursos. Foto: Maicon Araújo.

Durante a feira, também foram expostos os trabalhos de Educação para o Trânsito, incentivados por meio do projeto Educar PRF, iniciativa desempenhada em parceria com Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso do Sul. A mostra foi acompanhada pelos inspetores da PRF, Ademir Boaro e Nelson Mormito, que visitaram todas as salas de aula e docentes nas duas unidades de ensino.

Na escola Shiozo Takahashi, a professora Thaíssa Giacomini, do maternal II, foi uma das educadoras que expuseram as atividades elaboradas “Nós montamos um cenário, de forma bem lúdica, e explicamos a sinalização de trânsito, como o semáforo, placas de pare, faixa de pedestre, placa de estacionamento, entre outras. As crianças fizeram o circuito interpretando a sinalização”, detalhou a docente.

Professora Thaíssa fez registro fotográfico das atividades de educação para o trânsito. Foto: Maicon Araújo.

Foi possível conferir diversas estratégias, como trabalhos manuais, cenários, interpretação de histórias e músicas. Para os inspetores, ambas as escolas apresentaram trabalhos de destaque. “Chamou a atenção como as professoras aliaram o desenvolvimento infantil à educação no trânsito. Elas criaram recursos com muita criatividade, foram atividades de excelência”, afirmou Boaro.

Benteca: projeto une educação ambiental e financeira

Na Escola Benedita Figueiró de Oliveira, o encerramento do projeto Benteca também se destacou durante a Feira do Saber. A iniciativa foi lançada ainda no mês de junho, na Semana do Meio Ambiente, quando as escolas receberam bags ecológicas para coletar plásticos recicláveis.

Os estudantes foram incentivados a arrecadar a maior quantidade possível de material plástico reciclável. A ação foi recompensada proporcionalmente com a moeda interna “Benteca”, um dinheirinho para ser utilizado em compras na própria escola. A escola organizou um bazar e os alunos puderam comprar doces e brinquedos de acordo com o total arrecadado por cada um.

Dentre os temas abordados na escola, comunidade da Shiozo Takahashi já destaca clima de Copa do Mundo. Foto: Maicon Araújo.

Rosana acompanhou o filho Luiz, que adquiriu motinho com a Benteca. Foto: Maicon Araújo.

 

 

O projeto foi bem recebido por familiares. Foi o caso da lavradora Rosana Gonçalves dos Santos, que acompanhou o filho Luiz Henrique, de seis anos, estudante da pré-escola II. Ao lado da mãe, Luiz exibiu contente a miniatura de motocicleta adquirida com a benteca. “Eu gostei do projeto. Ele comprou essa motinho. Eu ajudei com a reciclagem, mas deveria até ter trazido mais plástico para ele comprar mais brinquedos”, comentou Rosana.

Com um mini-celular de brinquedo e um tamborzinho, Keylor e Kemily , de 3 e 2 anos, disputavam a atenção da mãe, a cabeleireira Milena Melo dos Santos. Com a ajuda dos pais, a duplinha arrecadou uma bag cheia de embalagens plásticas. “Nós juntamos principalmente garrafas. Achei um incentivo muito bom para as crianças, que entendem desde pequenas o dinheirinho”, comentou Milena.

 

 

Dinheirinho: crianças adquiriram doces e brinquedos conforme recompensa por arrecadação de recicláveis. Foto: Maicon Araújo.

A secretária de Educação, Fernanda Scarlat, ressaltou as possibilidades de aplicação do projeto. “As crianças aprendem sobre preservação ambiental, contribuem com a coleta seletiva, e aprendem sobre Educação Financeira, que é outro tema transversal presente na nossa Base Nacional Curricular Comum, a BNCC”, ressaltou a gestora. A secretária elogiou as equipes das escolas. “As feiras estão lindas e nós saímos com o coração cheio de gratidão pelo empenho com nossas crianças. Estão todos de parabéns”, finalizou.

Fonte: Prefeitura de Batayporã

 


Iniciar Conversa
Oi, Sejam bem vindo(a) a nossa rádio!
Olááá! Obrigado por ouvir a Ativa Mais Hd !!!
%d blogueiros gostam disto: